A capacidade de analisar e solucionar problemas é essencial para manter a funcionalidade e o desempenho do sistema. O uso de frameworks pode acelerar o desenvolvimento e facilitar a criação de aplicativos back-end. Existem vários frameworks populares disponíveis, como Django (Python), Spring (Java) e Laravel (PHP). Essas estruturas fornecem uma base sólida para o desenvolvimento de aplicativos, com recursos pré-construídos e boas práticas incorporadas. Um desenvolvedor back-end precisa conhecer diferentes tipos de testes, como testes unitários e testes de integração, e ser capaz de escrever testes eficazes para garantir a qualidade do código.

back-end

Pelo fato desta linguagem ser bem flexível, os objetos criados nessa linguagem são lentos. É também difícil de manter e escalar, assim como a maioria das linguagens de programação dinâmicas. Uma linguagem query como o SQL é ótimo para aqueles que querem tirar vantagem da riqueza de conhecimentos armazenados nos bancos de dados. Uma linguagem declarativa permite com que os programadores declarem os resultados que eles gostariam de ver, sem precisar especificar os passos ou processos para tal resultado. C# é uma linguagem de computador de alto-nível, o que significa que permite com que programadores construam programas que sejam independentes de algum tipo específico de computador.

Quais os conhecimentos necessários para desenvolver back end?

Hoje em dia, as atividades de designer com foco em experiência da pessoa usuária compreendem usar alguma ferramenta visual (Photoshop ou Sketch, por exemplo) para desenhar as interfaces como deveriam ser. Isso significa que o Front-end se relaciona com as partes dos sites que mais se aproximam da pessoa usuária. De forma geral, o Front-end compreende a parte visual de sites e aplicações. Abreviação de Cascading Style Sheets, CSS é a linguagem que permite aos desenvolvedores personalizar a aparência de um site. CSS pode incluir as fontes usadas para o texto, os esquemas de cores e a organização do texto. Por fim, se você pretende se tornar um desenvolvedor Back-End, a melhor dica é fazer um curso sobre o tema!

  • Na prática, o desenvolvimento de back end torna possível o front-end de um site, construindo e mantendo os sistemas que possibilitam a interação do usuário.
  • É o Back-end que adiciona, busca, edita ou apaga as informações do banco de dados.
  • Além dessas habilidades técnicas, é importante também estar sempre atualizado sobre as tendências e avanços na área de desenvolvimento back-end.
  • Ele complementa um banco de dados primário tirando pressão desnecessária sobre ela.

Em resumo, o desenvolvedor https://nahoradanoticia.com.br/tecnologia/bootcamp-para-desenvolvimento-web-sua-chance-de-alavancar-a-carreira/ se concentra na parte do sistema que funciona “nos bastidores” e não é visível para os usuários finais. Um programador back-end é um profissional responsável por desenvolver a parte lógica e funcional de um sistema ou aplicação web. Um backend developer é responsável por criar APIs (Application Programming Interfaces) que permitem a comunicação entre diferentes partes do sistema.

Como se tornar um desenvolvedor Back-End?

O Java não é somente extremamente versátil (seu uso abrange desde smartphones até cartões inteligentes); e tem sido utilizado por desenvolvedores por mais de 20 anos. Então, enquanto você certamente estará programando com linguagens back end, não pense que isso será a única coisa que irá fazer como um desenvolvedor back end. Nenhum funciona sem o outro, você precisa do back end para fazer o front end funcionar, e você precisa do front end para que as pessoas consigam acessar e interagir com o site. Também vimos as responsabilidades de uma pessoa desenvolvedora curso de desenvolvimento web, que se trata da implementação das regras de negócio que farão o sistema funcionar e realizar a comunicação entre a interface e um servidor. Além de ser utilizada no back-end, ela também pode ser aplicada na análise de dados, aprendizado de máquina e desenvolvimento web.